quinta-feira, 26 de abril de 2018

A MINHA COBRA


Oi boa noite encontrei seu blog procurando uma alternativa pra lidar com a cobra mãe do meu esposo ...

A história é bem longa conheci meu marido em 2011 e logo no começo do relacionamento ele me alertou que a mãe é racista ( e eu sou descendente de indígenas) então já sabia que ela nunca me aceitaria com 8 meses mais ou menos de namoro eles brigaram e meu esposo( na época namorado) apareceu em casa com uma mochila pedindo pra ficar comigo uns dias, ela teve a capacidade de ligar chorando pra um amigo dele dizendo que ele tinha ido embora de casa por minha causa que eu tinha tomado o filho dela, que eu era uma vagabunda e todos os outros adjetivos promíscuos que existem nesse mundo...


Passaram-se algum tempo e ficamos uns 5 meses separados e decidimos voltar depois de 1 ano que estávamos juntos de novo (porém eu morando na minha casa e ele com a mãe) eu fiquei grávida e acabei perdendo o bebe, depois que me recuperei fui morar com ele numa casa no mesmo quintal que ela, então eu fazia o possível pra manter uma relação boa com a "scobra" ela fazia a falsa me chamando pra ir no shopping comprar coisas com ela ir no mercado no hortifruti e tal, mas pelas costas ela falava mal de mim para a família dela toda, inclusive para os vizinhos aqui da rua que eu mal falo bom dia.



 Quase dois anos depois que tinha perdido meu bebê eu por descuido engravidei de novo, com uma gestação de risco por pressão alta não podia fazer nada, e estava sempre passando mal,  então ela falava que eu estava com frescura, que ela quando estava grávida trabalhava limpando chão por mais de 12 horas, e que eu tinha que ser igual a ela...infelizmente perdi esse bebê também, com 7 meses e de novo eu fiquei muito mal, tanto fisicamente quanto psicologicamente, e desde então ela tem feito de tudo ( agora sem pudor e mais claramente) pra me humilhar e me ofender, o pior que ainda não tenho cozinha pronta (a minha precisa terminar a reforma) eu uso a cozinha dela...
Um belo dia ela simplesmente trancou a porta pra eu não comer, eu contei pro meu marido e ele na mesma hora ligou pra ela, ela começou a gritar dizendo que "já que eu não subi pra ajudar ela na casa dela eu não tinha o direito de comer" desde então não estamos nos falando nem estou entrando mais na casa dela apenas quando ela não está e muito rápido pra fazer um miojo ou algo rápido pra comer ( Minha cozinha está quase pronta só falta chegar os armários, agora não preciso mais literalmente nem pisar no mesmo chão que ela :)) ...


... Existem algumas coisas que me intrigam nela sabe, ela anda de calcinha e sutiã na frente dele, vive de calcinha e camiseta quando estamos jantando como se fosse algo normal, fora que vive dando selinho no meu marido na minha frente... Eu posso jurar que existe algum tipo de complexo de édipo nela, até porque ela é meu sogro não se dão muito bem (na verdade nunca se deram, as tias falam que o meu sogro sempre a traiu e que só casou com ela por causa da casa e dos filhos). É algo muito estranho sabe me incomoda.


Por enquanto estou vivendo a minha vida e procuro não saber dela e evito de ficar no mesmo ambiente que a mesma, mas confesso é uma situação bem perturbadora no começo fiquei muito mal agora tudo que ela faz ou fala tentando me atingir eu ignoro finjo que não é comigo.
Bom essa é a minha história espero que alguém possa me ajudar com algum conselho.

História enviada pela internauta "Rafa"

SOGRA SEM LIMITES

Minha sogra é uma mala e sem ALÇA!


Muito enxerida, eu não posso sair de casa que ela já vem virar o meu quarto de pernas para o ar!



Ela quer se meter em nossa vida e em tudo que fazemos , não podemos conversar sobre nada no nosso quarto que ela já para, se coloca atrás da porta para escutar tudo. 



Meus sogros são as piores pessoas que existem nesse mundo!!!

DESABAFO ENVIADO PELO INTERNAUTA "DANIEL "

A PRIMEIRA NAMORADA

No início do relacionamento, meu namorado evitava ao máximo que eu tivesse a oportunidade de conhecer a minha sogra, até pensei que era por insegurança sobre a relação, pois fui a primeira namorada dele, se eu soubesse  onde estava me metendo eu jamais a teria conhecido. 

Depois de muito insistir, eu a conheci. Minha primeira impressão foi que ela era divertida mas do tipo "barraqueira", mas eu sempre fui muito simpática então não dei bola. Os meses se passaram e surgiu a oportunidade de eu e meu namorado morarmos juntos, foi aí que começou o inferno.


O caso é que ela é jovem, não tem 50 anos mas é do tipo que não gosta de trabalhar, e era meu namorado que a sustentava, ela e o meio irmão dele, e quando ele foi sair de casa, ele deixou claro pra ela que não poderia sustentar duas casas. Só que ela vivia pedindo dinheiro, dizendo que estava passando fome e etc, eu como qualquer pessoa quis ajudar ela na dificuldade mas isso foi se repetindo por vários meses e eu não aguentei e comecei a negar porque ela tem saúde e pode trabalhar pra se sustentar.

No final do ano, eu fazia várias horas extras para podermos visitar os meus pais que moram em outro estado, e como ela estava insistindo pro meu namorado que precisava de dinheiro ele perguntou pra mim então se não poderia dar dinheiro para ela faxinar a casa porque andava muito cansada. Eu sei que ela não é nada caprichosa na casa dela, o pátio é virado em lixo, eu nunca pude entrar na casa dela porque não me deixavam entrar com a desculpa de que era pequena mas eu sabia que era por causa da sujeira, então como vou deixar alguém assim limpar a minha casinha linda? Ele insistiu e de tanto insistir eu concordei.


Ela foi e quando eu cheguei do trabalho ela estava indo embora. Dei tchau e quando eu fui entrar na casa vi um balde com água suja, ela passou o mesmo pano na casa inteira, não varreu, só passou esse pano, lavou a louça e colocou roupa na máquina. Isso era faxina pra ela. Eu chorei, porque tive que fazer tudo denovo e ele ainda deu dinheiro pra ela vir e limpar, o almoço que ela quis comer, café da tarde, levou embora de uber, enfim, pagou o valor de duas faxinas por uma que nem limpou.

O fim do ano chegou e fomos pra casa dos meus pais e quando voltamos de lá recomeçou o inferno. Ela queria dinheiro pra fazer picolés pra vender, ele deu e ela gastou tudo e depois pediu de novo falando que estávamos devendo dinheiro pela caprichada "faxina" que ela fez. Eu me revoltei.Aí eu que resolvi responder, deixei tudo bem claro, que a gente não era baleia pra ter filho grande, que ela podia muito bem trabalhar pra ter o dinheiro dela e não precisar tirar dos outros, que eu não fazia hora extra pra sustentar uma vagabunda. Ela me chamou de tudo quanto é coisa, que não tinha moral pra falar nada porque estava devendo ela, e eu disse pro meu namorado que nunca mais queria que ela pusesse os pés na minha casa.



Então ela fingiu que era vítima, passamos várias semanas sem ter contato e no meio do meu expediente do serviço ela me ligou pedindo desculpas porque ela precisava de mim porque o filho pequeno precisava cortar o cabelo. Eu disse que só queria viver em paz e distância dela.
Daí passaram uns meses, eu estava com uns amigos numa quadra de futebol e meu marido estava no vestiário porque ia jogar, e ela apareceu. Eu não havia visto, mas de repente ela chegou e me cutucou pelas costas e quando eu me virei ela me deu oi e beijinhos e me chamando de querida como se nada tivesse acontecido. Eu cumprimentei respeitosamente porque não sou mal educada só fiquei um pouco constrangida porque eu não sei fingir que estou bem com alguém, mas tudo bem. Quando ela saiu, viu que o filho não estava e ligou pra ele na mesma hora, dizendo que eu havia humilhado ela na frente dos meus amigos, feito caras de nojo e sido arrogante, e ele brigou comigo pensando que era verdade então eu fiquei furiosa e fui lá na casa dela perguntar que história era essa.



Como o meu namorado estava vendo ela continuou se fazendo de vítima, e eu disse que não precisava fingir que estava de bem com ela quando não estava, que quando ela me ligou eu disse que não queria mais briga mas não queria mais proximidade com ela. 

Moro com meu namorado há quase dois anos, eu nunca vi ela trabalhar, a última briga aconteceu há quase um ano, pois foi em janeiro. Já estamos no final do ano e ela ainda não trabalha. Vive mandando mensagem e ligando pro meu namorado pra pedir dinheiro. Eu vejo que ela espera que ele a sustente pelo resto da vida, até porque ela não tem nada que seja dela, ela mora no terreno da mãe dela, em uma casa que a mãe dela construiu, pede dinheiro pra todo mundo, desde conhecidos a políticos. Eu acho que ela jamais vai mudar...

História real enviada por "NORA GAÚCHA"

quarta-feira, 27 de julho de 2016


 XODOZINHO DA MAMÃE


Adorei conhecer o blog , é bom saber que não é só eu que sofro desse mal.
Bom conheço minha sogra a anos, frequentei a casa dela durante 6 anos como 
amiga, pois estudei com a minha cunhada por todo esse tempo.

Ela sempre me tratou bem e me elogiava sempre, eu era noiva de uma outra pessoa e tudo parecia bem .
ATE QUE EU E MEU NAMORADO NOS APAIXONAMOS ..!

Eu terminei meu noivado, e em seguida começamos a ficar, foi intenso e estranho , porque nos conhecíamos tanto tempo 
e só depois nos apaixonamos.
Ele contou para ela, no começo ela achou maravilhoso
(apesar dele ser o xodozinho dela).



Só durou um mes a paz, porque em uma bela manhã passei na porta da casa dele, ela virou a cara para  mim, e no mesmo dia disse para meu namorado 
não me levar mais lá, porque ela não queria minha amizade.
ISSO FOI O AVISO QUE A GUERRA ESTAVA PARA COMEÇAR ...
Depois disso ela começou a ir de casa em casa da família dela para falar mal de mim, e manipular todos para serem
contras também ao nosso namoro, a partir disso
 NUNCA FUI EM NENHUM EVENTO DA FAMÍLIA DELE .
Porque ela ameaça se eu for ela não vai.E muito chato porque meu namorado fica sem saber oque fazer, porque as vezes ele quer ir, mais também não quer me deixar um domingão em casa sozinha.
Ela liga de 10 em 10 minutos quando estamos juntos , ate na porta da minha casa ela já foi buscar  ele, EU NÃO POSSO PARAR O MEU CARRO NA PORTA DA CASA DELE , poque a ultima vez que fiz isso ele ficou aos berros dentro da casa dela que do meu carro com o som ligado eu ouvi.
 
 
ELA FICA 24 HORAS NO FACEBOOK, e claro que eu entro no dela para saber oque ela anda falando de mim, vocês não tem noção das publicações dela, tudo relacionado ao meu namoro , coisas baixas. 
E se eu posto uma foto com ele, ela ate chora de raiva.
O coitado do meu namorado pena, o dia que ela descobriu que ele me deu a aliança de compromisso, ela junto tudo que ele ja tinha dado ela de presente , vestidos, blusas , livros etc fez uma FUGUEIRA E COLOCOU FOGO . E DE ARREPIAR 
Na verdade penso que ela teria que fazer uma terapia, porque ela e surreal criou um ódio tão grande mim, que não consegue se controlar. Temos 1 ano e 6 meses de namoro e nada mudou .
E quando ela fizer mais alguma venho aqui conta para vocês. 
Bjx 

quinta-feira, 26 de junho de 2014

SOGRA MALA GRUDENTA

Namoro a 2 anos..e tenho encontrado algumas dificuldades no meu namoro por causa da SOGRA. 
Meu namorado é filho único, e mora com a mãe, a avó e o tio.
 Bem, desde as primeiras vezes que fui a casa dele percebi que não seria fácil, eles tem uma relação de muito apego, mas apegados mesmo...chega a ser exagerado. Ele dá mil abraços na mãe...e ela tbm...na verdade...ela acostumou ele assim...super dependência afetiva. 


O fato é que parece que eu vou roubar o filho dela, ela realmente o trata como uma propriedade dela. Logo nas primeiras vezes q fui lá, ela me largou algumas, mas sempre quando ele não está por perto, geralmente quando ele vai tomar banho...vou citar aki as pérolas: - agora que meu filho colocou um negócio próprio, não vai ter tempo pra namorar. Minha resposta: Eu sei muito bem como é ter uma empresa, tenho meu pai como exemplo em casa. Outra: - Tua irmã parece bem mais alegre que vc, vc tem jeito de triste. Essa eu nem respondi, afinal quem tem depressão é ela, eu não ! Outro: meu filho ta cada vez mais magro...baixinha quando ele vai lá na tua casa ele come ? ¬¬  Fiz ele mesmo responder a pergunta.
 Outro fato: ela não me chama pelo nome, me chama de BAIXINHA sempre (detalhe: ela é menor que eu, mas me parece que ela quer me diminuir).....e as vezes me chama pelo nome da EX.
Isso eu já falei pro meu namorado que não gosto, e recebi um nome pra ser chamado por ele. Além das diretas que ela solta, ela interfere indiretamente através do meu namorado, ela reclama que ele fica pouco em casa nos finais de semana ( isso é, quando ele está comigo), não deixa ele esquecer nenhuma roupa na minha casa, 2 anos de namoro e nem uma cueca ele pode deixar na minha casa, se eu fico muitos finais de semana sem ir na casa dele, ela fica perguntando quando vou ir lá..pra ele.



Além disso, "ela" comprou um carro, mas detalhe, ela não consegue dirigir, suponho eu que comprou justamente pra fazer ele levar ela nos lugares que ela quer, e outro detalhe, ela convida todos os parente pra saírem com ela e o filho pra lotar o carro e eu não ir junto. 





Detalhe: ela teve um AVC a uns 9 anos atrás...ficou com os movimentos mais lentos, mas nada que impeça ela de se locomover e tals. Mas, justamente por isso, parece que meu namorado se sente culpado por isso e pela separação dos pais e ele faz exatamente tudo pra ela. Já cheguei a dizer que ele parece marido da própria mãe e não filho. 
Outro detalhe: ele paga imposto da casa, dos carros...ainda faz as compras do mercado e sempre vejo ele pagando.


 O fato é que ele não tem nem um quarto pra ele, ele divide o quarto com o TIO  e a VÓ, e guarda as roupas dele no quarto da MÃE, no guarda roupa dela. Eu sinceramente acho isso demais, onde está a privacidade dele ?! 
Creio eu que ele gostaria de ter pelo menos um quarto pra ele...por isso...em 2 anos de namoro dormi umas 2 vezes na casa dele...(no quarto da sogra) ...
O que eu não acho nada legal.
Percebo que ele é tratado como um escravo em casa, e ele foi ensinado a se colocar SEMPRE em ultimo lugar, pra dar pra mãe e a avó tudo que elas querem. Ele faz tudo por elas, e elas ainda reclamam dele.


Por favor, me de um conselho de como lidar com a SOGRA e com esse fato de ele não ter privacidade nem pra ele...as vezes eu sinto dó dele, mas ao mesmo tempo, ele é que permitiu isso. Gosto muito dele, apesar da mãe, ele tem uma cabeça muito bem formada pra idade dele (24 anos).

Eu não sei se devo falar na cara dela quando eu não gosto das picuinhas dela..ou se devo continuar fingindo que está tudo bem.
Queria muito dizer pra ele que ele deve ter um quarto só pra ele, acho que isso é pouco por tudo que ele faz....se mata trabalhando e não tem o mínimo de conforto.

(História real enviada pela leitora do blog pelo e-mail experienciacomasogra@hotmail.com)
Participe também!!!
Sua participação é muito importante!
Nora;)
MINHA SOGRA NÃO É NORMAL


Adorei conhecer o blog , e bom saber que não é só eu que sofro desse mal.
Bom conheço minha sogra a anos, frequentei a casa dela durante 6 anos como 
amiga, pois estudei com a minha cunhada por todo esse tempo.

Eu terminei meu noivado, e em seguida começamos a ficar, foi intenso e estranho , porque nos conhecíamos tanto tempo e só depois nos apaixonamos.Ela sempre me tratou bem e me elogiava sempre, eu era noiva de uma outra pessoa e tudo parecia bem .
ATE QUE EU E MEU NAMORADO NOS APAIXONAMOS ..!


Ele contou para ela, no começo ela achou maravilhoso
 (apesar dele ser o xodózinho dela).
Só durou um més a paz, porque em uma bela manhã passei na porta da 
casa dele, ela virou a cara para 
mim e no mesmo dia disse para meu namorado não me levar mais lá, porque ela não queria minha amizade.
ISSO FOI O AVISO QUE A GUERRA ESTAVA PARA COMEÇAR ...


Depois disso ela começou a ir de casa em casa da família dela para falar mal de mim, e manipular todos para serem contras também ao nosso namoro, a partir disso NUNCA FUI EM NENHUM EVENTO DA FAMÍLIA DELE .Porque ela ameaça se eu for ela não vai.É muito chato porque meu namorado fica sem saber o que fazer, porque as vezes ele quer ir, mais também não quer me deixar um domingão em casa sozinha.

Ela liga de 10 em 10 minutos quando estamos juntos , ate na porta da minha casa ela já foi buscar  ele, EU NÃO POSSO PARAR O MEU CARRO NA PORTA DA CASA DELE , poque a ultima vez que fiz isso ele ficou aos berros dentro da casa dela que do meu carro com o som ligado eu ouvi.







ELA FICA 24 HORAS NO FACEBOOK, e claro que eu entro no dela para saber oque ela anda falando de mim, vocês não tem noção das publicações dela, tudo relacionado ao meu namoro , coisas baixas. 
E se eu posto uma foto com ele, ela ate chora de raiva.
O coitado do meu namorado pena, o dia que ela descobriu que ele me deu a aliança de compromisso, ela junto tudo que ele ja tinha dado ela de presente , vestidos, blusas , livros etc fez uma FUGUEIRA E COLOCOU FOGO . E DE ARREPIAR 



Na verdade penso que ela teria que fazer uma terapia, porque ela e surreal criou um ódio tão grande mim, que não consegue se controlar. Temos 1 ano e 6 meses de namoro e nada mudou .
E quando ela fizer mais alguma venho aqui conta para vocês. 
Bjx 

(História real enviada por leitora do blog através do e-mail experienciacomasogra@hotmail.com)

Nora;)

sábado, 25 de janeiro de 2014

Desesperada ...


Vou tentar resumir minha história ...
 
Bom eu  idolatrava minha sogra, 
nós moramos em um lugar pequeno desses que todo mundo conhece todo mundo, e me apaixonei, ou melhor eu e meu marido nos apaixonamos e resolvemos namorar. 


Ele é filho único e tinha muito mais ''dindim'' do que eu, e tinha medo de ficar com ele porque sabia dos comentários, pois então, comecei a namorar, amava meu namorado e a família dele, minha sogra é do tipo a mulher cobiçada do lugar linda, magra, rica educada, boa, que vive totalmente pra aparência física e social entre as pessoas . Eu  a admirava, por isso, ela também é conhecida por ter sofrido nas mãos da sogra e nunca ter feito nada, resumindo ela é uma Santa para todos que a conhecem, e pra mim era também até ela começar a soltar as azinhas dela.
Bom eu e meu marido somos meio que frente de algumas pastorais da igreja católica aqui do nosso lugarzinho e ela também é, e lugar pequeno tem muitas fofocas e é claro que comigo não ia ser diferente, uma pobretona namorando um riquinho. 
Pois então aconteceu um desentendimento, entre eu e uma moça, daqui que gostava do meu marido, ela mentiu e eu chameia atenção dela e ela não gostou nada, então ficou feia a coisa e pra piorar era prima da de 900 grau da minha sogra, então o bicho começou.
Meu marido começou a me contar certos comentários dela que ele achava e acha até hoje que essas coisas não me afetavam,  a minha querida sogra a santa da qui começou a falar pra mim pra pessoas que ela sabia que não iam me contar , mau sabia ela que o seu filho me contava tudo. 


Ela começou a falar que a culpada por tudo era eu , que eu estava colocando ele no mau caminho, o que que as pessoas iam pensar dele e dela e da família, que eu mandava nele, que eu não servia pra ele, nós não podíamos, faltar em nenhum compromisso da igreja, ou fazer qualquer coisa que ela não concordasse que a culpa era toda minha, que eu manipula-va ele, Meu Deus, quando o meu marido me contou isso meu mundo caio, aquela pessoa que eu admirava era uma verdadeira cobra, então, todas as vezes que ela falava mau de mim, eu ia na casa dela pra ver a reação dela, parecia que ela nunca havia falado nada de mim, uma santa boazinha faltava me carregar no colo, Falsa. Comecei a observa-la na verdade tudo que ela faz e fazia era pra ela mesma pra ser elogiada entre as pessoas,  pra manter a aparência pra que ela seja sempre a melhor. Na frente das pessoas era uma coisa por traz, ele metia o pau na pessoa pra mim, e ainda tinha a coragem de dizer só to comentando, controlava o meu marido nós nunca tivemos, vontade própria e quando íamos contra a dela chorava o dia inteiro isso é verdade o dia inteiro. Fora outros detalhes ,comecei a clarear o cabelo ela começou também, parei de comer doce pra emagrecer, hoje ela ta mais magra do que eu, mando uma costureira fazer uma roupa pra mim, ela vai e manda fazer dez pra ela, faço a unha, ela faz também, faço escova pois os nossos cabelos são cacheados, ela faz também, compro um calçado ela compra também, faço amizade com uma pessoa não sei como que ela consegue fazer também , faço um bolo, comida, convido alguém pra vir na minha casa ela faz também, e a mais nova é que eu comentei que o meu sonho é fazer um jardim aqui em casa, adivinha quem ta com um jardim maravilhoso, adivinhou, ela, eu queria uma pata de elefante essas plantas ai sabe,  ela tem duas, e ela ainda falou pra mim que não gosta das coisas delas parecida com as dos outros, então não vou poder comprar mais, e pra todo mundo ela é uma santa, hoje eu to casada arrumei minha casa e tal e  ela mobilhou a casa dela inteirinha de novo e com coisas que eu queria, e mil vezes melhores do que as minhas, ela faz tudo que eu faço só que mil vezes melhor parece que é pra me humilhar, conseguiu ficar mais bonita do que era e do que eu, tem uma pele perfeita, um rosto perfeito, um corpo perfeito, já me falaram diversas vezes tua sogra é uma Santa e eu tenho que concordar mesmo sabendo da cobra que ela é, e que fala de tudo mundo, ela é esperta tenho que admitir, sabe pra quem fala as coisas, apesar de que errou com o filho e com outras pessoas que me contaram tudo. Até hoje ela consegue mandar no meu marido sofro muito com isso, e aquela que eu admirava hoje eu odeio não quero odiar ela mais é que é tão difícil pra mim Por favor me ajudem !!! 


 E pior eu não posso desabafar com ninguém por aqui pois eu não confio, não quero falar pro meu marido porque tenho dó dele, só quero ajuda pra Amar Ela e ter minha auto- estima de volta pois cada vez que eu estou no mesmo ambiente que ela as lembranças voltam em minha mente e fico com cara fechada, sem contar que me sinto um Lixo perto dela, horrível, gorda, feia, quero ser feliz novamente, quero controlar minha vida, quero ser feliz com Meu Marido e apesar de tudo quero amar a minha sogra perdoar e não ter inveja dela, e Me amar também pois não gosto de mim mais. Se tiver alguém que possar conversar e me ajudar agradeço !!!  
 Tem outras coisas que aconteceram mais fica pra próxima ...

(História enviada pela internauta através do e-mail experienciacomasogra@hotmail.com foi solicitado que não fosse divulgado o nome) 

"Agradeço sua participação!"
Nora=)

sábado, 22 de setembro de 2012

A ponto de ficar louca (nora)


Bom dia pessoal,

Em muitas pesquisas pela internet, encontrei por acaso este site. Sempre leio histórias mas nunca tive tempo o suficiente para escrever.

Bom, mas vamos a história.

Namoro á quase 3 anos e a pouco mais de um ano ficamos noivos. Meu noivo é o mais novo de 4 irmãos, ele hoje com 32 anos eu com 27, mora com a mãe de
73 anos.
Desde o começo não foi perfeito como são com algumas pessoas, desde o primeiro dia que a vi, meu santo não bateu com o dela.



Eu moro sozinha, e no começo do nosso namoro eu não trabalhava, ele me ajudava com tudo. Como o pai dele tinha dado um AVC, e eu em casa á toa ia dia sim dia não pra ajudar minha sogra. 
Nos outros dias eu eu não ia, tinha uma enfermeira pra cuidar dele. Moramos muito perto um do outro, então saia de casa cedo e ficava até á noite na casa dela, eu sempre ouvia algumas piadas, mas nunca levei na maldade pensava que era coisa de gente mais velha que não tinha o que falar e fazer. 
Certo dia que a enfermeira estava na casa dela e eu também, ela perguntou de quem era uma foto de uma moça que estava no porta retrato junto á vários outros. Ela respondeu perto de mim que era a NAMORADA do Paulo (nome fictício). 
Eu fiquei sem saber o que falar na hora. Num impulso de raiva. Perguntei pra ela se o filho dela tinha duas namoradas e que aquela não era a ex que tinha traído ele?





A resposta foi simplesmente que hoje todo mundo trai mesmo e que ela gostava demais dessa ex dele. A enfermeira viu o meu estado, e ainda brincou pra eu não ter ciúme porque eu era muito mais bonita que a ex. 

Mais tarde chegando na minha casa, desabei em choro, pensando como poder existir uma pessoa assim. Eu dentro da casa dela ajudando-a no que ela precisava, mas ao mesmo tempo me agredindo o tempo todo, me colocando contra o filho e colocando o filho contra mim. 



Ele chegou na minha casa e viu meu estado. Eu não agüentei e infelizmente soltei tudo que tinha vontade de falar, que ela não poderia fazer isso comigo, e que não foi a primeira piada dela comigo. Ele pediu pra eu ter calma que ela era velha e que sempre foi assim COM TODAS as ex namoradas dele.
 (POR ISSO ACHO QUE ATÉ HOJE ELE MORA COM ELA).


Como eu sou uma pessoa boa e muito prestativa, continuei indo e ouvindo as piadinhas dela. Meu noivo á uns dois anos atrás tinha um caminhão, então trabalhava aqui dentro da cidade mesmo. E quase todas as noites as noites ia dormir comigo, ela não gostava porque acabava deixando ela sozinha só com o marido. Ela falava para a empregada dela coisas absurdas, se referindo á mim como se eu fosse uma mulher qualquer que não tinha família, que não tinha índole.




 Por muitas vezes tive que escutar ela jogando indiretas pra mim em relação á ele dormir comigo. Em meio á todo esse tempo meu sogro veio a falecer em Janeiro de 2011. Deus á de me perdoar o que vou falar, mas eu não sabia se a situação iria melhorar ou piorar pra mim. Depois do acontecido tentei ficar mais maleável com ela e tentar viver bem, pelo menos fingir. Durante o ano passado todo ele nunca mais dormiu comigo, eu dormia quase todos os dias e todo fim de semana na casa dele.

Ele não ia na minha casa pra nada. 
E durante todo esse ano, ela fez de tudo para chamar á atenção dos filhos, todos faziam tudo que ela queria, como se fosse uma criança, ela não aceita estar errada em nada é a dona da razão. Eu não agüentava ver os xiliques dela. 
Pensava, meu Deus até quando vou aturar isso? E nisso as brigas entre eu e ele só aumentavam. 
(SEI DEMAIS QUE SOU COMPLETAMENTE ERRADA, PORQUE TENHO UM HOMEM MARAVILHOSO AO MEU LADO E QUE NÃO ME DEIXA FALTAR NADA) e também que ele não tem culpa de nada do que ela faz comigo. Sei que ele vive no meio de um fogo cruzado, tenta viver bem dos dois lados e sei também que não posso falar mal dela pra ele porque independente de tudo é a mãe dele. 

Bom… final do ano passado ele resolveu comprar uma carreta e vender o caminhão e passar a viajar (TRABALHAR COM O QUE ELE REALMENTE GOSTA). Vocês imaginam como a mãe ficou ne?! O filhinho mais novo saindo de casa pra passar dias ou até semanas fora do ninho. (AHHH… ESQUECI DE COMENTAR. ELA ARRUMA A CAMA PRA ELE DORMIR E COLOCA O PIJAMINHA EM CIMA DA CAMA). 
No começo de Fevereiro desse ano ele começou as viagens. Eu tentei entender o trabalho dele, é o que ele gosta, acho mesmo que tenho que apoiar. Pra minha sogra não dormir sozinha eu ia todos os dias que ele estava ausente dormir com ela, só que percebi que não tinha jeito mesmo de manter a boa vizinhança. 


Sempre tinha alguma coisa pra me alfinetar, ela implicava que ele me ligava várias vezes ao dia e não ligava pra ela. Dormi com ela até á alguns meses atrás, foi até eu não agüentar e falar tudo pra ele de novo o que ela fazia comigo ou falava. Ele achou melhor eu não ir mais na casa dele, que eu não precisava mais dormir lá , porque eu ia e sempre voltava mal e que ela não sabia me agradecer pelo o que fazia. Parei de ir e até de ligar pra ela e como ela é pirracenta também não me ligava, deve ter ficado com raiva porque parei de ir lá e não falei o porque. 





Durante todos os dias que ele está fora, saio de manhã para trabalhar e só volto á noite. Passo fim de semana dentro da minha casa, se tem uma coisa que não gosto é traição e falta de respeito no relacionamento.
Evito  sair de casa pra não ter os comentários maldosos das pessoas, e também não acho justo eu sair pra passear enquanto ele está passando noites sem dormir. Depois que ele passou a viajar, acho que pela saudade, ele voltou á dormir comigo assim que chega. 
Aí que piorou mesmo, porque ele chega e vai pra minha casa, a mãe dele já deixou claro pra ele que poderia chegar e dormir com ela também. Eu fico pensando quando nos casarmos, e penso também que ele não case comigo enquanto ela estiver viva,  não sei porque muitas vezes que brigamos eu entendi isso. 
Mas ele diz que não é isso.
 E se for desse jeito? Cobro muito dele em relação á isso, porque não acharia justo depois dele não ter ninguém mais pra cuidar dele, aí sim ele resolver assumir um casamento comigo. Eu sinto que estou á ponto de enlouquecer, por morar sozinha e não ter família aqui, fico guardando tudo dentro de mim ou estouro com ele que não tem culpa de nada. Vou passar á ir em consultas com psicólogo, coisa que nunca precisei, porque não sei mesmo lidar com a situação. Amo ele demais, mas vivo triste por dentro, por causa de uma pessoa que eu não deveria não dar ouvidos, porque sei que a tendência é piorar a cada dia mais. Escrever esse texto foi um grande desabafo pra mim, sinto que a qualquer momento vou explodir de tanto ódio e mágoa. 
Sentimentos que nunca senti durante toda minha vida, mas sinto agora logo pela mãe da pessoa que tanto amo e respeito. Peço que me dêem conselhos de como lidar com isso.
Abraços,
Renata.

História enviada pelo e-mail experienciacomasogra@hotmail.com

Agradeço sua participação e estou a disposição quando precisar desabafar!

Abraço forte desta que te entende perfeitamente,
Nora;)

terça-feira, 4 de setembro de 2012

MINHA SOGRA NÃO PRESTA

Olá, encontrei o site por acaso no google e lendo as histórias decidi então participar também.
Para variar eu tenho uma sogra que eu desejo que suma do mapa!
Me chamo Marcos, namoro minha namorada há 1 ano e 8 meses.
Minha sogra é um pé no saco pra não falar outra coisa.


Ela acha que eu não tenho uma capacitação profissional e acadêmica suficiente para casar com a filha dela.
Sem falar que ela não me acha bonito o suficiente também e diz que se a gente der netos um dia pra ela se parecerem comigo será um desgosto.
A decepção maior será minha, se a gente tiver e parecer com ela!
Ja ouvi cada desaforo e indireta que minha vontade é de socar a cara dela até deformar.
Um dia se ela conseguir destruir meu namoro eu nem sei o que faço pois tudo tem limite.
Ela me recebe mal na casa dela, fica ligando pra minha namorada a cada 10 minutos quando saimos e fica apresentando filhos de amigas dela pra minha namorada, convida eles e trata eles bem na minha frente na casa dela.

Fomos viajar e ela inventou de ir junto, minha namorada é filha única e grudada com essa jararaca, a viagem foi uma merda, simplesmente por que ela foi junto atrapalhar.
Não podia decidir nada com minha namorada que ela se metia, onde a gente ia, ela que decidia, onde a gente comia ela que decidia, onde a gente se hospedou, ela que decidiu, mas a conta ela não pagava, ai eu ganho o suficiente.


Quando eu recebo e ela fica sabendo vem querer me sugar, velha aproveitadeira.
Eu no começo ficava quieto, agora dou umas respostas pra ela ficar esperta e saber que tenho boca também.
Meu sogro é gente fina, mas acaba as vezes tendo que ficar do lado dela pra não ter que dormir no sofá!
kkkkk


Sei que tem sogra boa, que presta, tem umas que parecem mais ser mães do que sogras simplesmente, mas eu não tive essa sorte!

Se eu não amasse muito minha namorada e não planejasse casar com ela ja tinha saído fora há tempos!!!!

Esse é um resumo do meu problema, um problema chamado:
S O G R A


História enviada para o e-mail experienciacomasogra@hotmail.com pelo leitor Marcos

Obrigado Marcos, continue participando!
bjs
Nora;)